sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Em 1976, na cidade de Manchester (Terra da mais nova "Twittera"- Rainha da Inglaterra), surgia uma das maiores bandas de pós-punk do globo: Joy Division. Com guitarras meio desconcertadas, levadas de baixo marcantes, bateria comparada à Rithm-Track e com uma voz autêntica e perpétua de Ian Curtis, a banda britânica foi seguindo trilhos de sucesso com músicas: Dead Soul, Disorder, She's Lost Control...
O que muita gente não sabe é que esses caras, ou melhor, mais especificamente, o vocalista Ian foi grande influência para Renato Russo da banda Legião Urbana. Isso é notório em músicas como Transmission e Digital onde as vozes se assemelham bastante...não só a mera coincidência com as vozes, mas com os arranjos de guitarra.
Faço questão de postar  algo desse gênero, pois muitos só sabem escutar e não procuram da onde surgiu toda idéia e inspiração. Tudo se dá a base de influências e nada foge disso; e acreditando nessa proposta, acredito extramente viável que as bandas de hoje se espelhem em músicos e bandas dos anos anteriores ou pelo menos tentem fazer algo que seja bom, de qualidade como muito deles (dos anos 70 e 80) conseguiram!